Valeu a pena montar a empresa?

Quem investe quer retorno! O capital (dinheiro ou bens) que os sócios aplicaram na empresa tem de ser devolvido pela empresa, tal que, num certo período de tempo, os sócios disponham da empresa e também do capital que utilizaram. Isto mesmo, disponham dos dois!  No período seguinte a empresa deve devolver “mais um capital aplicado”, e tantas vezes pelo tempo que durar a empresa. Este é o princípio de acumulação de capital, de formação de patrimônio, de geração de riquezas.

Verdadeiramente o negócio só é viável se for capaz de retornar, ou devolver para os sócios o investimento realizado. Cada sócio deve pensar assim: “o que eu gastei para montar a empresa, eu preciso recuperar”

 A expressão “retorno de investimento” significa que mensalmente a empresa devolve para os sócios parte do capital que investiram inicialmente ou durante a vida da empresa. Esta parte que retorna, que paga para os sócios o investimento feito, é  justamente o lucro acumulado num período

 Se, por acaso, a empresa não puder proporcionar aos donos a devolução do investimento, pode significar que  esgotou a oportunidade de negócio. Por isso é essencial planejar e acompanhar a capacidade de retorno do capital.

 A expressão  taxa de retorno, significa um percentual do investimento realizado, que a empresa paga mensalmente para os sócios, como se fosse uma prestação mensal, referente ao investimento feito. Como comparação mais imediata, o negócio é bom se gerar uma taxa de retorno superior ao que outro investimento proporcionaria com o mesmo capital investido.

Imagine uma empresa que necessitou de um investimento inicial de R$50.000,00 esteja proporcionando um lucro mensal de R$4.000,00. Ela está proporcionando um retorno de 8,00% ao mês. Siga os cálculos abaixo.

Retorno sobre o investimento =  (Lucro x 100) / Capital Investido   =    4000 x 100 / 50.000  =  8,00%

Com uma taxa de retorno sobre o investimento de 8 % ao mês, significa que os R$50.000,00 investidos serão totalmente recuperados em pouco mais de 1 ano:

Prazo de Retorno =     Investimento/ Lucro = 50.000 / 4.000 = 12,5 meses

Não considerando a comparação de riscos entre as possibilidades de investimento existentes no mercado, não é fácil encontrar um investimento com taxa de retorno superior ao nosso exemplo simbólico. O que nos leva a concluir que a empresa simbolicamente representada em nosso exemplo é um bom negócio. Eis aqui uma forma simples e rápida de verificar se o negócio montado está valendo a pena.

A. Carlos de Matos

Consultor em Gestão Empresarial

About these ads

152 thoughts on “Valeu a pena montar a empresa?

  1. Olá Matos, sempre estou vendo seus comentários e eles têm me ajudado muito e agora gostaria de fazer uma pergunta.
    Abri uma loja de roupas evangélicas em maio desse ano e tivemos muito sucesso nos meses de maio, junho e início de julho, dando até pra guardar uma parte para investimento. Porém, acredito que, pelas férias e também a copa, houve uma extrema queda de vendas no final de julho, agora agosto, nem se fala porque dá é dó, e em setembro tem dado uma melhorada, tanto que já conseguimos pagar todas as despesas fixas, mas nos meses de queda, mesmo com um pequeno capital de giro, tive que tirar dinheiro pessoal para repor estoque e agora estamos zerados.
    Também fizemos um investimento na parte de publicidade com panfletos, chaveiros, folders promocionais, que até deu um retorno bom de divulgação e propaganda da própria loja, mas só isso mesmo, pq em vendas mesmo……
    Só que agora tenho percebido que, por termos atendido a pedidos de clientes para colocarmos mais um tipo de determinada roupas, ficou mais caro, pois pra adquirir tb foi mais caro e o cliente não compreende isso, principalmente os que já foram novamente e viram produtos muito bons, como eles queriam, mas que o preço não é o mesmo. Aí parece que terei que conquistar novamente outros tipos de clientes, que apreciem e valorizem os produtos ou baixar os preços e não ter tanto retorno, pra não perder o cliente já conquistado.
    Por fim, eu gostaria de saber:
    O que devo fazer, voltar a adquirir novamente produtos de qualidade inferior ou esperar baixar essa nuvem de queda nas vendas e aguardar um real retorno? Mesmo porque tenho andando nas redondezas e nos shoppings que vendem produtos similares aos meus e tô vendo que a queda nas vendas é em todo lugar.
    Agradeço imensamente a atenção.

    • Prezada Tânia

      Por favor, não considere a existência de crises. Depois que montou o negócio você tem um desafio ETERNO: vender. Todos os dias você precisa inventar novas formas de atrair clientes e influenciar a decisão de compras deles.
      Se apenas esperar que eles comprem, ai sim, viverá em crises.

      Você tem de oferecer o que o cliente compra. E precisa vender rápido, não pode ter estoque que dure.

      Assim, vai pergunta: o que você deve fazer todo dia para vender seus produtos? Apenas abrir a loja? Apenas exibir a vitrine?

      Não pode ser ser isso.

      Esta resposta pode mudar todo dia, mas certamente começa na compra que você faz.

      Compreendeu?

      Boa sorte

  2. Olá Matos!!!

    Espero que possa ajudar.

    Eu e outra sócia planejamos rápido e colocamos logo em prática um negócio comercial. O ramo escolhido é uma esmalteria. Procuramos ajuda com o sebrae e consultoria em esmalterias. Enfim.. Estamos passando por problemas.
    Entramos com um capital inicial de 40mil com o decorrer da implantação os gastos foram aumentando e tivemos q colocar do nosso bolso para a empresa. 1mes n esperamos retorno. o 2 mes q foi junho pagou as contas e aibda sobrou mas n poderiamos juntar.. teria q ficar para as próximas contas. O mes de julho terminamos no negativo e agosto também. nossas despesas é de 5.600. mes de julho fez 4.800. e agosto até a primeira quinzena 1.200.
    iniciamos a empresa sem capital de giro. os calculos q foram feitos pagaria.. Mas estamos dependentes de funcionários. . 1 está com problemas de saude e se ausentou. . fazendo com q as nossas vendas de serviços caísse bruscamente. como estamos no negativo n temos dinheiro para investir. A outra sócia achou q seria interessante pegarmos un dingeuro imprestado para nos organizar … mas se estamos no vermelho como arranjar mais dívidas para pagar???

    aguardo seu retorno

    • Prezada Luane

      Parece ser um situação realmente difícil. Tenho a recomendar providências para as quais não sei se vocês têm domínio das soluções nesta altura da empreendimento.

      Veja:
      Montar uma empresa como essa é muito fácil (desculpe-me) basta ter dinheiro para investir.
      Montar uma empresa a partir de uma ideia é muito fácil, basta ter dinheiro.

      Montar não é o problema.

      Qual é o problema?

      O problema é composto de três desafios que devem ser vencidos ao mesmo tempo:

      1- Vender
      2 – Conseguir praticar preço que compense todos os gastos
      3 – Conseguir um volume de vendas e produção mensal que gere um volume de receitas suficientes para cobrir todos os gastos inclusive as despesas fixas.

      São estas 3 questões. Se resolver a empresa será viável. Se não, não tem jeito. Antes de tomar empréstimo vocês precisam ter certeza que conseguirão agir para vencer já estes e desafios.

      Compreendeu?.

      Boa sorte

  3. Olá, Atuo em causas sociais, mas pretendo investir no ramo de postos de gasolina. Acessei alguns postos à venda em http://www.postoavenda.com, onde informam que a venda do posto é FUNDO DE COMÉRCIO, estes por exemplo > http://postoavenda.com/tags/postos-a-venda-sp/

    Antes de entrar em contato com este site, saberia informar se esta modalidade de compra é vantajosa? Existe alguma dica especial que possa passar?

    Grato pela atenção já prestada,
    Abs

    Alex Pereira

    • Prezado Alexandre

      É uma modalidade de se empreender. Ao invés de começar do zero, você dará continuidade ao negócio existente. Mas cuidado, você irá assumir todas as responsabilidades. Por isso, tenha um bom suporte jurídico e contábil para ter certeza do que você realmente está comprando. Tem a opção de continuar com a forma jurídica ou obter novo CNPJ.

      Boa sorte

    • Prezada não há um padrão. Depende do preço que o cliente aceitar pagar e do volume que você conseguir vender.

      Exemplo: se o custo final para você for, digamos, de R$6,00 e você vende por R$89,00 parece um bom lucro. Mas se você conseguir vender apenas um par durante todo o mês? Vai dar prejuízo, concorda?

      Mas se você conseguir vendar por R$7,00, tendo apenas R$1,00 de margem, mas consegue produzir e vender 30.000 pares por mês. Então será um bom negócio, concorda?

      Boa sorte

  4. Boa tarde!
    Eu entrei como micro empreendedor De uma pequena fabrica de sandálias do estilo havaianas, legalizei tudo , me associei ao Gs1 para obter códigos; porem meu marido ficou desempregado e o que entrava só estava dando para comer e pagar as dividas de empréstimos; e hoje para começar enfim jogar nossos produtos para o mercado, precisamos de dinheiro para fazer um estoque de matéria prima, mas estamos sem um tostão; devo parar ou devo vender a minha moto para fazermos esse estoque. preciso de ajuda urgente.

    • Prezada Patrícia

      Esta resposta somente você pode dar. Se o preço que você cobra tem margem de lucro E se você consegue realmente vender por este preço e vender um bom número de sandálias que dê para pagar todos os custos, pagar o trabalho de vocês e ainda sobrar lucro.

      Se não, não valerá a pena.

      Boa sorte

  5. Olá, muito bom o seu site e sempre que posso acompanho. Estou pensando em montar uma empresa com um sócio e tenho algumas dúvidas:

    1. O investimento inicial será 100% meu e meu sócio ficará responsável pela habilidade técnica. A participação seria 50/50?

    2. A empresa precisa reservar uma porcentagem dos lucros para pagar esse meu investimento inicial?

    3. Além da divisão dos dividendos, preciso pagar meu sócio como um funcionário pela habilidade técnica?

    Obrigado

    • Prezado Maxiwell

      Sócio corre risco junto.

      O capital social declarado em contrato não é somente dinheiro, mas o valor com que cada sócio participa, atribuindo valor á sua participação, pode ser dinheiro, bens, tecnologia, etc.

      Sócio que trabalha na empresa, retira, tão logo a empresa possa, o valor que pague o trabalho que ele fizer na empresa.

      Mas não é um sócio que pagar para o outro, é a empresa.

      Todos os sócios têm direito ao lucro que for apurado.

      Então, se seu sócio não entrar com nada, ou é uma doação que vc está fazendo, ou é um empréstimo, que ele, e não a empresa deve pagar a você.

      Se for a empresa que pagar, parte é sua, portanto vc esta pagando para vc mesmo.

      Compreendeu?

  6. Aqui ´e a Sandra novamente, montei uma farmácia em meados de dezembro, tenho despesas fixas de 5.500,00 e atualmente a farmácia esta vendendo 2500,00 mensais, ou seja estou no vermelho desde dezembro. Será que compensa insistir mais? Sei que o retorno é a longo prazo, mas está dificil.

    • Prezada Sandra

      Ainda é possível pensar em farmácia como um bom negócio, apesar dos grandes grupos, mas precisa ser em local que permita algum espaço com a concorrência.

      Também o modelo de farmácia tem evoluído bastante, hoje está muito próximo a uma “conveniência”.
      Fique atenta ao conjunto de produtos que oferece e aos serviços. Adequá-los ao público é a inteligência.

      Realmente 4 meses é pouco, mas as vendas deveriam ser crescente e não estacionar, à medida que a vizinhança vai pegando confiança em vc.

      Se não há sinais de crescimento, ou sua abordagem está equivocada ou o local não comporta, neste caso, mudar de lugar é a primeira providência. Mas se o desencanto já chegou, desistir pode ser melhor que acumular dívidas.

  7. Caro Matos,

    Durante 4 anos trabalhei em uma loja de materiais eletricos, lá eu faturava em media 2000,00, porém, recebi a proposta de um amigo para montarmos uma loja no mesmo seguimento. Aceitei sua proposta, sabendo que levaria tempo para ter qualquer retorno. Empregamos 50 mil, e em menos de dois meses este amigo saiu da sociedade, ficando eu devendo a parte deste. Já estou a 10 meses no mercado, minha loja tem custo fixo de 4 mil e atualmente fatura 13 mil mês. gostaria de saber se estou no caminho certo, pois por muitas vezes penso que não esta valendo a pena, visto que não faço retirada,. e o pequeno lucro não consigo ver, pois tudo é revertido em mercadorias.

    Obrigado

    • Prezado André

      O único jeito é você adotar já o modelo de apuração de resultados mensais. Toda empresa deveria fazer isso, não importando o tamanho. Estude esse assunto. Muitos conteúdos meus explicam isso detalhadamente. Sem saber o resultado, apurado tecnicamente, sua gestão é cega. Somente pela sobra ou falta de dinheiro no caixa não dá para saber se a empresa vai bem ou não.

      Boa sorte

  8. Bom dia Matos… eu e minha irmã estamos pensando em abrir uma Boutique de roupas femininas. Moramos em santo andre e como diferencial buscaria nos fornecedores no Paraná onde há mais exclusividade e por aqui ainda não trabalham com estes fornecedores. Ainda estamos na fase do plano de negócios mas gostaria de saber se da pra se ter uma idéia de gastos mensais para manter a loja e qual seria a média de futuramente e lucro? Conciderando o público a, b e c. A lloja será localizada em um bairro nobre a principio 2 funcionários. Muito obrigada.

    • Prezada Elaine

      Nesta situação, vocês deverão estudar bem o contexto. Eu escrevi para o Sebrae-SP um pequeno livro que pode ser baixado no site do Sebrae-P: “O início de um novo negócio – Um alerta ao empreendedor”

      Lá você terá instruções detalhadas de como elaborar um plano e verificações. Mas tome cuidado: o segredo é conseguir vender, com preço compensador e atingir um volume adequado. Veja tudo isso no livro recomendado.

      Comprar de fornecedores em SP ou outro Estado é fácil, trazer para a sua loja, também, montar a loja também é fácil, o difícil é vender. Se não vender, quebra
      Boa sorte

  9. Boa Tarde!

    Abri um pet shop há 2 meses,tenho uma faixa mensal de gastos R$600,00 com aluguel,água,luz,contador,cartão, empresa está fazendo na faixa de R$600,00 mensais eu e meu sócio decidimos pagar do nosso bolso o aluguel e o que a empresa fizesse investiríamos em produtos estamos no caminho certo?

    • Prezado Yuri

      Está certo.

      O melhor seria ter previsto uma reserva de capital para suportar a fase de viabilização. Se não houve a reserva agora tem de complementar. Mas a prioridade é vender. Vender um volume suficiente. É quase uma guerra. É a fase de viabilização. Descubra como atrair cliente. e o que eles comprariam mais.

      Dois meses é pouco, já está vendendo bem, mas precisa aumentar muito ainda. Se as vendas não aumentarem, pode ser que vcs não aguentarão ficar pondo dinheiro por muito tempo.

      Boa sorte

  10. Há quase quatro anos meu pai se juntou a 2 sócios e montou uma fabrica de sorvetes, os sorvetes são de boa qualidade, mas poucas pessoas conhecem nossa marca, e os nossos clientes são da periferia, pois não conseguimos colocar ainda em grandes redes. E quando tudo começou colocaram a forma de pagamento principal ‘boletos’ , acho que nesse ponto erraram , pois 50% paga e 50% não pagam, e há muita inadimplência. Já pensei em tirar essa forma de pagamento, mas com certeza iriamos perder mais da metade de nossos clientes. e nesse caso seria recomeçar! (e nao sei se vale a pena esse recomeço). Só que nesses quatro anos não conseguimos ter nada de lucro,.(a não ser o pagamento de algumas maquinas). E as despesas costumam ser maiores do que as receitas, trabalhamos para pagar as contas da empresa, e as vezes não entra dinheiro nem para pagar as contas, e tem que esperar o outro dia com a esperança de entrar dinheiro e pagar todas as contas do dia atual e do dia anterior.
    Gostaria de saber se ainda há possibilidades dessa empresa decolar, ou devemos desistir pois já tem 4 anos de insistencia!

    • Mayany.

      Penso que todo negócio se torna viável se consegue vender e receber, praticar preço compensador e atingir um volume de vendas que cubra as despesas. Sorvete, driblando a sazonalidade, consegue ser um bom negócio. Verifique nos passos acima onde vcs estão errando. Vcs já têm muita experiência, abandonar agora pode ser errado, mas continuar a cometer os mesmos os erros também não é possível.

      Responda a pergunta: como ganhar dinheiro com sorvete? Vocês já sabem a resposta. Implantem o modelo correto.

      Boa sorte

  11. Sou farmacêutica há 16 anos, com bastante experiência na área, em dezembro passado abri uma farmácia pequena em um bairro aonde não tinha nenhuma farmácia. Investi tudo o que tinha com móveis, medicamentos e artigos de perfumaria. Fiz panfletagem e anúncios em carro de som. Acontece que estou desanimada, pq tem dias que não vendo 50,00 o dia todo. Estou pagando para trabalhar, minhas reservas estão acabando, pouquissimas pessoas entram na farmácia o dia todo. E tb tem a questão que há 7km tem duas grandes redes ( raia e farmacia popular) e ali eles vendem os medicamentos a preço de custo praticamente. Não tenho como competir com esses preços. que posso fazer? desse jeito vou quebrar.

    • Prezada Sandra

      Infelizmente um negócio como o seu se caracteriza pela capacidade de vender, nem é pelas instalações que são a primeira preocupação ao montar.

      Se não vender, sem cliente, quebra.

      Tem de atrair cliente, mas no caso de medicamentos preço e disponibilidade do produto falam muito alto, justamente seu ponto fraco.

      É difícil dizer o que vc deve fazer, mas afirmo que se vc não encontrar uma saída para vender, ter produtos alternativos que atraia seu público, procure um local onde vc possa ter alguma importância para a comunidade, ou então encerre antes de acumular dívidas. Acredito que ainda possa ser viável, mas não neste local.

      Boa sorte

    • Sandra. Sou de Juiz de Fora – MG, formado em administração e tenho interesse em abrir uma farmácia. Estou procurando com o maior número de pessoas possível informações a respeito dos benefícios e dificuldades do ramo e claro, os cuidados que devo tomar. Se possível, gostaria de me comunicar com você por e-mail. Se você tiver essa disponibilidade ficarei muito grato. De qualquer forma obrigado a você e ao blog pelo espaço. al.rocha@msn.com

      • Prezado André

        Farmácia tem legislação específica, mas é um negócio muito comum, as pequenas sofrem com a concorrência das grandes redes, por isso devem ser bem localizadas, com estacionamento e intensa integração na comunidade.

        Contato: http://www.mrresults.com.br

        Boa sorte

  12. Olá tudo bem?? é o seguinte sou vendedora de roupas ambulante… mas chegou num ponto que não consigo mais atender minhas clientes, pois hoje temos em torno de 300 clientes e sozinha não consigo mais atendê-las. diante disso pensei em abrir uma loja que continuaria levando a sacolas para aquelas que preferem e a loja estaria a disposição daquelas que preferem ver as peças na loja e tem pressa, e claro para novos clientes também… será que valeria a pena?

    • Prezada Thayque

      Sei que é muito tentador tocar uma loja, mas bastante difícil de obter lucro, os gastos aumentam muito, e atrair cliente não é uma coisa fácil. Melhor seria se vc contratasse e compartilhasse com outros vendedores porta a porta, pagando comissão.

      Pense e repense. Você já tem um negócio que deu certo, mantenha. Pode abrir outro negócio diferente, que é a loja, mas muito mais perigoso.

      Boa sorte

  13. Boa tarde.
    Montei um escritorio de vendas de emprestimos consignados em agosto de 2013. A forma de captar clientes nesse negocio e o telemarketing, panfletagem, visita a orgaos publicos e credenciamento de parceiros. O investimentos e pequeno no periodo foram 10.000…Estou preocupado com baixo movimento apesar de ter utilizado varios formas de captaçao exposiçao em condominios, contatos diretos na rua ( panfletagem), divulgaçao em orgaos publicos….Sera que meu negocio e viavel.

    • Prezado Sidimar

      Esta é uma pergunta difícil de responder. O que posso dizer é a lei: se não vender (o que se dispôs a vender), quebra.

      Boa sorte

  14. Boa Tarde.
    Faz 04 meses que junto com uma sócia abrimos uma lavanderia doméstica. Compramos apenas uma mesa de passadoria profissional e os demais maquinários ainda não adquirimos. Estou trabalhando com uma maquina de lavar domestica e parte do que entra estamos terceirizando.
    Tenho apenas 1 funcionária que passa as roupas, porém a mesma não está aguentando a demanda e estamos entregando as peças com um bom atraso.
    Estou pensando em comprar através de financiamento mais uma maquina de passadoria para atender a demanda e a contratação de mais uma funcionária, mas estou me sentindo totalmente no escuro e vou te explicar pra vc ver se consegue clarear algo pra mim:
    Desde que abrimos a lavanderia só tiramos pró labore uma vez e no valor de 700,00, porém desde que abrimos a lavanderia se paga sozinha, um mês sobrou 1.600,00 no outro 1.500,00 e nesse mês de novembro o movimento caiu um pouco e sobrou 450,00 e hj temos um fluxo de caixa em torno de 10.000,00 sendo que 3.000,00 é o que restou do investimento que fizemos no valor de 26.000,00 para montar.
    Hj minha sócia está deixando a sociedade e tudo vai ficar em meu nome. E sozinha estou com medo de investir em mais um maquinário e não conseguir honrar com as parcelas não tendo demanda pra isso.
    Já panfletei, fiz anúncios em jornais e revistas de escolas do bairro.
    O que vc pode me orientar?

    • Prezada Claudia Fidelis

      Você está certíssima. Se fizer empréstimo vc só conseguirá pagar as parcelas se produzir lucro suficiente.

      Para produzir lucro suficiente precisa vender o volume adequado desse serviço.

      Mas além de conseguir cliente precisa também conseguir executar o serviço.
      Chamamos este exercício de planejamento. Faça assim:

      Você já sabe quanto tem de despesas por mês.
      Você já sabe quanto é o máximo que consegue executar por mês.

      Você já sabe quanto vai ter de despesas por mês se colocar mais um funcionário.

      Você sabe quanto que conseguirá executar por mês de serviço com esse novo funcionário.

      E portanto quanto terá de lucro. E se esse lucro será suficiente para pagar a parcela do investimento. Concorda?

      Se for, ficou apenas uma dúvida: conseguirá um volume de cliente mensal para o volume que precisa?

      Veja minha cara, com a experiência que vc já tem ai, essa pergunta pode ser respondida de forma bem adequada.

      É esse justamente o centro da questão risco: consegue ou não vender o que precisa?

      Se vc achar que sim, vá em frente.

      Se tiver dúvida em algum cálculo, envie, prezada, eu ajudarei.

      Mas, empréstimo só se paga com lucro.

      Boa sorte

      ]suficiente. ´stimo´se

  15. Boa tarde, montei um Pet Shop há mais ou menos 8 meses. Contabilizo tudo o que entra e sai, e o que estou faturando não dá para pagar todas as despesas (ou seja, ainda estou investindo). Gostaria de saber se isso é normal nesse setor e qual o seu conselho para melhorar essa situação? Muito obrigada..

    • Prezada Ângela

      É normal um tempo de maturação, pode até chegar a 18 meses, mas precisa melhorar a cada mês. Assim, responda uma pergunta: O que você faz para atrair clientes que compram o que vc vende?

      Aguardo

      • Bom, invisto principalmente em panfletagem, além disso tenho um informativo mensal que enviamos por e-mail. Procuramos fazer promoções frequentemente, e agora fiz um anúncio no jornal do bairro. Mesmo fazendo isso, não tenho visto uma melhora gradual nas nossas finanças.

      • Prezada Ângela.

        Fique atenta. Embora a viabilização da empresa não seja de imediato, mas sempre devemos contar com uma melhora constante até a viabilização, ou seja, ultrapassar o ponto de equilíbrio.

        Se você não estiver conseguindo atrair clientes, e nem sabe com certeza como fazer isso, você tem um problema real.

        Fique atenta. Sem cliente a empresa quebra. Cliente precisa ser atraído. Você precisa descobrir como fazer isso ai e agora. Depende muito do tipo de negócio e da localidade.

        Boa sorte
        ]

      • Prezada Ângela.

        Fique atenta. Embora a viabilização da empresa não seja de imediato, mas sempre devemos contar com uma melhora constante até a viabilização, ou seja, ultrapassar o ponto de equilíbrio.

        Se você não estiver conseguindo atrair clientes, e nem sabe com certeza como fazer isso, você tem um problema real.

        Fique atenta. Sem cliente a empresa quebra. Cliente precisa ser atraído. Você precisa descobrir como fazer isso ai e agora. Depende muito do tipo de negócio e da localidade.

        Boa sorte

  16. Boa tarde, abri uma empresa e ela está funcionando há 3 meses. Peguei a representação de uma empresa que trabalha com produtos a base de amendoim (a loja toda é destes produtos – paçoca, pé de moleque, amendoins temperados, pasta de amendoim, etc) e também faço algumas vendas de gordura vegetal. Não fiz um bom planejamento antes de abrir e hoje estou sem saber o que fazer para aumentar minhas vendas. O que estou faturando dá para pagar as despesas e sobra muito pouco sendo assim não estou conseguindo fazer retirada para mim nem mesmo de um pró-labore. Fiz um cálculo e para atingir meu ponto de equilíbrio teria que vender o dobro do que vendo hoje, fiquei então sem saber como fazer isso. No momento trabalho sozinha. Pensei em colocar para vender na loja bebidas (água, suco e refrigerante) mas para isso teria que investir em um geladeira com expositor e tenho medo de investir em mais um coisa e acabar não tendo retorno.

    Abraço.

    • Prezada Denise

      O que posso orientar de imediato é você procurar o pessoal da empresa que representa e verificar com eles a forma eficaz de vender esses produtos.

      Se você os representa, eles devem para você esta orientação. Concorda?

      Boa sorte

  17. oi tudo bem, sou comerciante do ramo pet chop, ja tenho 2 lojas e estou pensando em abrir outra, investir 40,0000 , vou vender em media 30,000 , vou ter despesas ficça de 6,000 vou ter um lucro bruto de mais o menos,9,600 vou ter um lucro liquido de 3,600, vc acha que é um bom negocio , e quanto eu devo retira de prolabore, e quanto devo retira para repor o capital investido, obrigado.

    • Se investir 40.000 e conseguir 3.600 de lucro ao mês, isso é 9%, excelente. O seu pro-labore deve fazer parte das despesas e equivale ao que vc pagaria para um empregado fazer o que vc faz na empresa.

      Você pode retirar todo o lucro gerado, mas aconselho investir parte no crescimento da empresa.

      Pergunto: vc calculou corretamente o lucro, que informou?

      Boa sorte

      • sim, é essa media, temos mercadoria que colocamos 100,50,60,40%, ,MAS ESSE INVERTIMENTO, VOU FAZER UM EMPRÉSTIMO, NO NOME DE UMAS DAS LOJAS, QUE JÁ EXISTE, E PAGAR CO O LUCRO QUE VOU TER , DA NOVA LOJA, VC ACHA QUE FUNCIONA

      • Prezado Ivo

        Excelente. Eu somente tenho receio quanto à forma que calculou o lucro. Mas se estiver correta, então parece um bom negócio.

        Boa sorte

      • boa noite,calculei o lucro em base das lojas que já existe,peguei o lucro bruto e tirei todas as despesas, tirei basa de uma loja que já existe, o programo nos mostra o lucro de cada mercadoria,esta base nos da em media um lucro bruto,de 32 po cento au mes

      • boa noite,calculei o lucro em base das lojas que já existe,peguei o lucro bruto e tirei todas as despesas, tirei basa de uma loja que já existe, o programo nos mostra o lucro de cada mercadoria,esta base nos da em media um lucro bruto,de 32 po cento au mes, mas gostaria de saber se o lugro dessa nova loja so der para pagar o emprestimo, mesmo assim seria um bom negosio

  18. Amigo, bom dia.
    Somos um grupo de 4 “investidores” e estamos depositando R$ 1.000,00 mês em poupança logo R$ 4.000,00 mês. Este é o segundo mês que vamos investir.
    Hoje todos trabalhamos e este dinheiro não nos faz falta, trabalhamos na mesma empresa, que esta indo mal das pernas e este dinheiro investido seria mais para frente começar um negocio na área de injeção de plástico.

    Só que agora surgiu a oportunidade de investir em um terreno e estamos pensando em comprar uma area de 240 metros quadrados (com recursos propios) e com este dinheiro que estamos fazendo aportes mensais estamos pensando em montar um galpão nesta área, ou seja, comprometeríamos todo nosso dinheiro inicial para investir no terreno e no galpão e estamos na frente pensando em financiar as maquinas e ferramentas que deva dar inicialmente em torno de R$ 150.000,00 comprando usados.

    No seu ponto de vista seria uma boa estratégia? ou é melhor juntarmos o dinheiro até ver a conclusão do nosso trabalho atual? o que acha?

    Obrigado.

    • Prezado Gabriel

      Não é possível dizer se é ou não uma boa estratégia. Mas é possível fornecer elementos de reflexão:

      1) Vocês conseguem pagar o terreno, a construção e pagar as parcelas do empréstimo?
      2) Caso as parcelas do empréstimo sejam pagas com o resultado da empresa, é possível obter resultado de imediato, se não, como pagarão as parcelas?
      3) O que faz vocês pensarem que este negócio vai gerar resultados suficientes para pagar as dividas iniciais e a operação?
      4) Se vocês estão apenas “acreditando” que o negócio é viável e se pagará, então é uma estratégia RUIM
      5) SE vocês já identificaram compradores, sabem que o preço será compensador, que conseguirão produzir e vender um volume suficiente, para gerar os resultados que precisam, na velocidade que precisam, então é uma boa estratégia.

      Boa sorter

  19. Meu sócio me deixou e quer que eu devolva tudo o que ele investiu na empresa isso é justo uma vez que foi gasto em um lote para nós trabalharmos? E no caso posso cobrar dele aluguel do tempo que ficamos juntos?(o galpão é meu)

    • Prezado Silva

      Se há uma empresa formalizada, os bens não são seus, são da empresa. O que pode ser feito é vc comprar a parte dele. Ou ele vender a parte dele para uma terceira pessoa. Ou vocês acabarem com a empresa. Encerrar. Dar baixa.

      Ai sim, os bens podem ser divididos. Ou vc pagar a parte dele com algum bem da empresa. Mas essa de “devolver” não existe.

      Boa sorte

  20. ola tenho vontade de montar um açougue.
    nao tenho esperiencia no ramo
    mais sei fazer defumados e embutidos,trabalho na area de saude.
    ha minha esposa tem uma loja de roupas
    ela venderia a loja ,e nos seriamos socios na casa de carne.
    o que voce acha do sonho.

    • Prezado Jota

      Sei que parece estranho o que vou dizer, mas não misture sonho como negócio. Monte um açougue para ganhar dinheiro e não para realizar sonho.

      Você ganhará dinheiro se conseguir vender, com margem de lucro e um volume de vendas suficiente.

      Você conseguirá??

      Se sim, vá em frente.

      Mas se tiver dúvida, por favor, investigue a atual situação de açougue, e descubra antes o que você vai fazer para conseguir VENDER os produtos, e um volume que sejas suficiente para cobrir todos os gastos do mês e ainda sobrar lucro.

      Descobrindo o “jeito” vá em frente. Não descobrindo é fria.

      Abrir um açougue é muito fácil. Vender volume é outra questão.

      Sabe o que fazer para vender, prezado???

      Boa sorte

  21. Fui chamada para ser sócia de uma lanchonete, mas não tenho capital financeiro, vou entrar com o trabalho. Como faço para devolver o investimento do sócio que vai entrar com o dinheiro?

    • Prezada Vanessa

      Só depende de negociação.

      Se vc trabalhar fará jus à retirada pro-labore que pode ser utilizada para saldar o compromisso.

      Se não puder utilizar, então apure mensalmente o lucro e a sua parte no lucro use para o pagamento do seu capital. Aprenda a apurar o lucro.

      Mas antes, especifique em contrato como será esta compensação. Qual o valor; Não deixe verbal.

      Boa sorte

  22. Boa tarde.
    Estou querendo abrir uma empresa de prestação de serviços na área de manutenção industrial, com um amigo. A área que estamos entrando esta com muitos concorrentes na nossa região, porém esta tendo muita reclamação dos concorrentes e muitos convites a abertura de nossa empresa, por parte de clientes insatisfeitos, pois trabalhamos na área a 11 anos, como empregados, varias empresas da região ofereceram os serviços caso abríssemos uma empresa, o capital inicial de investimento é baixo, sendo ferramentas, EPI, veiculo e nosso esforço, sendo 80% das ferramentas já possuímos, o carro já possuímos, faltando teoricamente os epi’s. Eu já possuo contato com varias empresas de fornecimento de peças e equipamentos, porém, acho que como todos que abrem sua empresa pela primeira vez, estamos com aquele frio na barriga de deixarmos 11 anos de carteira para trás e investirmos em nossa empresa.
    Eis aqui minha duvida, você acha que seria um bom investimento/ risco.

    • Prezado Donizeti

      Riscos sempre há. Mas somente você poderá responder se conseguirá ou não vencer. Esta parece uma resposta boba, não é? Mas veja que interessante: onde pode dar errado?

      a) Você não conseguir vender, se a empresa não vender, já sabe, vai quebrar.
      b) Você não conseguir praticar um preço de venda que realmente cubra todos os seus gastos e ainda acumule lucro. E você sabe, se o preço não compensar a empresa vai quebrar.
      c) Você não conseguir vender um volume para gerar receitas mensais que cubram todos os seus gastos mensais e ainda gere lucro. Vender hoje e sempre. Senão quebra.

      d) E pode ser que consiga tudo isso, mas se não souber administrar o negócio, mexer com dinheiro, com credores e com devedores, etc. A empresa acabará quebrando.

      Assim, prezado, você pode antecipadamente estudar cada questão dessas até ter alguma certeza. Ok?

      De certa forma, é simples não é?. A conclusão desse estudo é chamado de Plano de Negócio. Ou seja: o que terá de fazer para resolver estas 4 questões.

      Boa sorte

      Matos

  23. PREZADO CONSULTOR!
    Estou pensando em montar uma Padaria numa cidade de 22 mil habitantes, pois nesta cidade só vende pão congelado, não tem uma confeitaria boa, não tem Buffet para festas adequada. Então, preciso fazer uma pesquisa de mercado. Como fazer, pois nesta cidade não existe empresa para este tipo de pesquisa.
    Abraços!!!
    Paulo Miranda

    • Prezado Paulo

      Pesquisa de mercado, muito legal essa sua intenção. Mas que pergunta você gostaria de ver respondida?

      Penso que sua dúvida é, devo ou não montar uma padaria baseada em confeitaria aqui na minha cidade? Esta resposta nenhuma pesquisa irá fornecer.

      Mas você poderá obter outras respostas, que poderão ajudar você a chegar numa conclusão.

      A cidade consome produtos de confeitaria, por exemplo, comprados nos mercadinhos? Os moradores são conservadores ou já se libertaram da tradição da confeitaria caseira? Sua padaria poderia ser mista, com lanchonete, ponto de encontro e fornecedora para merenda escolar, empresas, etc.?

      Penso que são perguntas que você poderia pessoalmente conferir, conhecedor do negócio. Concorda?

      Boa sorte, prezado.

  24. Boa Noite,

    estou fazendo um plano de negocio para ver a possibilidade de montar uma esmalteria(artigos para as unhas em geral e maquiagens em geral),o capital de investimento inicial total e de 18.270,00, estou estimando uma receita de 44.000,00 anual e o que sobra de lucro neste primeiro ano e 4.820,00 com tempo medio de retorno de investimento de 3 anos e 8 meses.Gostaria que me desse sua opiniao com base nos meus dados , se vale a pena montar ou nao. Os meus calculos foram bem realistas e ate um pouco pessimistas,pois coloquei uma media mensal de venda no mes de 4.050,00 vendendo no inicio em media 150,00 por dia.
    aguardo .
    Desde ja obrigado.

    • Prezada Rosana

      Parabéns. É assim mesmo que se faz. Averiguar, estudar, planejar e depois decidir.

      Vários aspectos devem ser considerados.

      1- O prazo de retorno. Realmente é longo. Deveria ser inferior a 24 meses para negócios pequenos assim.

      2 – No entanto, esse investimento de 18.270,00 poderá gerar um retorno de R$401,00 por mês, bem acima da Caderneta de Poupança, mais de 4 vezes o rendimento da Poupança. O que é bom, não havendo outra alternativa de investimento.

      3 – Também a lucratividade planejada esta na ordem de 9% das vendas, o que é baixo, mas aceitável.

      Assim, vale a conclusão que, não tendo oportunidade melhor para investir, este negócio pode ser bom.

      Mas agora vamos ao risco.

      1 – Se não vender, se desistir no meio do caminho, quanto você poderá recuperar do investimento inicial?

      2 – Este dinheiro do investimento inicial está disponível ou terá de tomar emprestado?

      3 – Você está convicta e sabe o que tem de fazer para vender pelo menos R$3.600,00 por mês?

      4 – Nos cálculos que você fez, considerou todas as despesas fixas e a remuneração pelo trabalho que você terá diariamente na operação?

      Boa sorte

      Matos

  25. Boa Tarde!!

    Trabalhei durante 2 anos em uma transportadora e eu era a responsável por tudo(tudo mesmo) e não ganhava para isso, na verdade nem ganhava pois não era registrada e sai de lá sem 1 real, então decidi montar uma minha, juntei 3 amigos que também precisavam e resolvemos abrir uma Me , mais em casa. Não investimos nada, nos primeiros 3 meses tivemos um lucro de R$20.000,00, apenas com 1 telefone e computadores. Hoje fazem 7 meses que começamos, estamos com mais 2 computadores e compramos nosso primeiro veículo(uma Van), como não temos funcionários 2 dos sócios estão trabalhando com o veículo e 2 ficam no escritório. esse mês conseguimos ganhar 2 licitações que estão ao nosso alcance e começam a rodar em 1 mês, problema é que só temos 1 cliente e fazem 2 meses que o movimento caiu de uma forma brusca e surgiu a dúvida se estamos no caminho certo, nem todos os sócios acreditam que a empresa está dando certo. Qual o tempo que uma empresa levaria em média para conquistar tudo que conquistamos? E como conquistar mais clientes?
    Obrigada
    Ellen Grace

    • Fantástico Ellen.

      Vocês são um belo caso de sucesso. Começar do nada, sem investimentos e já conseguiram resultados para começar a equipar a empresa, é um sucesso, realmente.

      Mas veja, digamos que “uma força divina” está ajudando vocês, e que com o primeiro cliente vocês estão conseguindo alguma “musculatura empresarial”. Então este primeiro cliente é uma bênção. Agora CORRE e comece logo a fazer o que todas as empresas precisam fazer e que, no final das contas é o mais difícil: VENDER, conseguir aumentar o número de clientes.

      Como fazer? A resposta é indo à luta.

      Comece pensando assim: se os demais clientes não sabem que sua empresa existe, então ela não existe. Entendeu?

      Parabéns. Boa sorte.

  26. Senhor consultor os detalhes são:
    eu hoje depois que sai do meu trabalho fixo, pois estava trabalhando para o setor privado e deixei uma pessoa tomando conta da loja e pelo costume da minha presença muitos clientes sumiram da loja,porém agora retornei a minha loja e percebi que neste exato momento só eu e mais outro comerciante desenvolve o mesmo negocio de loja de variedades.
    Estou investindo muito pouco cerca de 300 reais por mês e eu estou trabalhando com margem de lucro á 30% in cima deste valor porém tenho aluguel de 230,00 reais e mais minha energia de 60,00 e ainda mais o transporte que pago para mi locomover da minha casa até a loja de 150 reais, e aí queria saber justamente o que fazer pois só tenho condição de investir estes 300 reais no momento e com lucro de 30% não está dando tó pensando em ir para o setor de eletronicos e folheados que mi dão bons lucros podendo chegar até á 600% no caso dos folheados, pois hoje trabalho com variedades em geral bombonieri, plasticos, presentes e outros itens .Gostaria de ter mais ou menos uma noção do que fazer pois o valor que a loja está mi retornando não dá para eu fazer nada a não ser pagar os proprios custos da propria loja e quando sobra só sobra 100 reais para mim e agora???aumento a margem de lucro e coloco outros produtos que me dé mais lucro ou deixo a mesma margem do jeito que está e mi esforço de algum jeito para comprar mais produtos diariamente e dobro o estoque ou se é melhor sair do ramo de uma vez?obrigado

  27. Caro consultor
    Não expliquei que nestes anos anteriores eu investia sempre 600 reais todo mês direto ou até mais dinheiro em varias mercadorias como plásticos, sorvetes, brinquedos, bijuterias, folheados e outros diversos itens e hoje invisto no máximo 300 reais na mesma variedade de produtos e não fico o tempo todo como ficava antes na loja das 8 da manhã ás 7:30 da noite, consegue um emprego i precisei colocar outras pessoas e percebe que os meus clientes primários quase que sumiram da loja e esta rua é praticamente sem saída para carros só tem uma entrada minha loja é uma loja de bairro daquelas bem pequenas… e hoje, atualmente neste momento sai do emprego e estou na loja e só tem eu e mais uma pessoa nesta rua vendendo estes itens já coloquei pra vender materias de informatica e vendeu tudo com um bom lucro, coloquei bijuterias e folheados e vendeu tudo com lucros de até 600% cheguei a comprar uma peça de 1,50 e vender á 9,00 reais e então observei que estou em uma boa terra, tudo que eu planto dá, o que eu coloco vende porém não sei se aumento minha margem de lucro para até 400% em alguns itens ou continuo com a mesma margem de 50,60 e no máximo 100% pois no momento só disponho de até 300 reais por mês livre para investir e conto com a loja para me ajudar em casa nas contas, só o aluguel e energia da loja é 300 reais mais o meu transporte para chegar até lá é de 150 reais somando só para manter a loja gasto quase 450 reais….e aí qual dica o senhor mi dá sabendo agora alguns detalhes, o que o senhor sinceramente faria no meu lugar…???
    Parabens por este espaço, e muito obrigado por ter respondido a minha pergunta, estou muito feliz.
    Estou no aguardo da sua resposta…obrigado!!!
    Alex…

    • Prezado Alex

      A dica é muito simples. Venda tudo que as pessoas toparem em comprar, pelo melhor preço que conseguir vender.

      Somente se preocupe com duas coisas: vender agradando o cliente para que ele compre novamente e vender um volume que pague todas as despesas, o custo das mercadorias e sobre lucro. O segredo é o volume que consegue vender. Mas é claro que o preço tem de ser acima do que você gasta com cada produto.

      Assim, prezado, pense no preço como o maior que seus clientes aceitarem pagar.

      Se desejar calcular, veja os textos com instruções que coloquei aqui no blog. Mas para resumir, dificilmente o preço de venda pode ser inferior a uma vez e meia o custo da mercadoria. E o valor máximo é sempre dependente da aceitação dos seus clientes. O maior possível

      Está claro, prezado?

      Boa sorte

  28. Caro consultor tenho uma pequena loja de variedade a quase 4 anos que no inicio mi dava 1,700 reais de retorno sendo que eu investia menos de 600 reais, dava para quase triplicar o investimento porém agora mesmo colocando muitas mercadorias com a pressão das novas lojas de variedades no bairro só consigo vender no maximo 550 por mês e fui obrigado a baixar geral em varias mercadorias minhas margens de lucro á 30% e estou quase fechando por favor mi dá uma dica do que fazer se aumento a margem de lucro e a quantidade de mercadorias ou se deixo a mesma margem e dobro o estoque ou se é melhor sair do ramo de uma vez
    grato alex…

    • Prezado Alex

      É difícil fazer uma recomendação sabendo tão pouco do empreendimento. Mas é possível passar para você o fundamento. Veja só, se a empresa não vender o volume que precisa, ela quebra. Se vender por preço insuficiente, também quebra.

      Então, prezado, responda para você mesmo: você conseguirá enfrentar a concorrência e conseguirá vender um volume que cubra todos os gastos e produza lucro? Seja com as mercadorias atuais ou outras?

      Se você sentir que neste local não conseguirá, então a recomendação é encerrar o negócio ou mudar para outro local onde haja pessoas que comprem o que você vende.

      Pois, se não vender a empresa quebra.

      Com as poucas informações que você enviou, fica difícil uma análise.

      Boa sorte.

  29. Tenho uma barraca de caldos e sopas e ela vende bem,mas preciso de ajuda em diversos pontos,será que o senhor poderia me add.no face??izabelle Rêgo.

  30. Bom dia. Abri uma mercenaria com meu pai e meu irmao a quatro meses, gastamos em maquinario 10.000,00 hoje eu e meu pai tiramos 3.000,00 cada um por mes e pagamos ao meu irmao 1.000,00 por mes. Esta empresa esta indo bem???

    • Prezado Rafael

      A empresa é uma “marcenaria” ou uma “mercearia” ?

      Em apenas 4 meses vocês já conseguem retirar um pró-labore total de R$7.000,00, com um investimento de R$10.000,00. Se vocês não estão gerando dívidas, penso que o negócio começou muito bem e sinaliza ser um bom negócio.

      Boa sorte

      Matos

      • Bom dia, desculpe é uma MARCENARIA. Então você acredita que as coisas estão indo bem??? Enquanto ao salario de 3.000,00 sendo dono esta na media??? Obrigado

      • Sim prezado Rafael

        Com um investimento inicial dessa monta, esse pró-labore é de nível bom para elevado. Mas aprenda a apurar o lucro mensal do negócio. Defina a retirada de pró-labore realmente justa para o trabalho que cada um faz, não com base na necessidade de renda, mas conforme o que o mercado paga, e distribua o lucro conforme a participação societária. Retirada pró-labore é uma ilusão, o que conta é o lucro gerado. Aprenda a apurar o lucro. Eu explico bem aqui no blog.

        Boa sorte

  31. Boa noite!

    Montei um sushi bar em um ponto bem movimentado de Belo Horizonte. Trata-se de um bar muito legal, interessante e bonito. O mais bonito da região. P´roximo dele não existe nenhuma casa de sushi porém, não estamos conseguindo manter um público bom todos os dias. O investimento é de R$ 100000,00. Todo mundo que foi ao local só elogiou, vários disseram que é o melhor bar da região. Temos apenas 3 semanas de funcionamento e até agora vendemos R$ 10000,00. Será que pode ser a época do ano? Pois abrimos dia 4 de fevereiro, bem próximo do carnaval. Obrigada!.

    • Prezada Ana Paula

      Nesta distância não é possível uma avaliação adequada, por isso vou orientar você de uma forma mais clássica.

      Primeiro: é muito pouco tempo.

      Segundo: um bar temático exige tempo para “pegar”

      Terceiro: Se o possível cliente não sabe que o bar existe, então o “bar não existe”. Ou seja, além de montar o bar no capricho, vocês procuraram responder com precisão a duas perguntas vitais: como atrair os clientes e como influenciar a decisão de compra deles?

      Precisa urgente desenvolver estas respostas e as ações decorrentes.

      Pergunto: qual público você foca: comercial ou familiar?

      Tem na vizinhança estes públicos?

      Abraço,

  32. Boa tarde Matos,
    Eu pedi demissão do meu emprego e abri um salão de beleza a 2 meses.
    O investimento foi de em média R$ 25.000. Mas uma parte foi imprestimo.
    Pago 1.000 de emprestimo por mês , mas 2.600 de aluguel, fora as despesas com Luz, Telefone,Internet, fornecedores…
    O problema é que meu dinheiro acabou, e o salão consegue mal se manter… gostaria de saber qual sua sugestão quanto ao sucesso nesse ramo em termos de tecinicas de divulgação e outros..
    Você acha seguro eu fazer um novo emprestimo para ter renda e fzer novas aplicações, tanto em divulgação quanto ao pagamento de despesas fixas??
    Me ajude por favor pois estou com medo de quebrar e desistir !!!

    • Prezada Jessika

      Esse é um negócio muito dependente de divulgação “boca a boca” isto é, os próprios clientes satisfeitos divulgam.

      Mas o que você pode fazer é melhorar bem o visual externo do salão para chamar a atenção de quem passa na sua rua, e também divulgar por toda a vizinhança.

      Cuidado com empréstimos para cobrir despesas, pois será como “tampar o sol com peneira”. Para investimentos em equipamentos e instalação pode ser vantajoso, mas para cobrir despesas é muito ruim. Cuidado.

      Pelas informações, o movimento está fraco, precisa de mais clientes e aumentar vendas. Tente negociar com seus credores sem precisar ir a banco. Faça o melhor que puder para atrair clientes, vale até fazer promoções e ofertas de algum serviço, mas divulgando na vizinhança.

      Outra questão a observar é que um aluguel desse valor deveria ser em um ponto que favoreça a atração de cliente, suas despesas fixas podem estar altas demais para o movimento que está conseguindo.

      Boa sorte

  33. Vendo ou alugo Loja pronta para funcionar padaria, confeitaria, lanchonete, pastelaria, Esfiharia, ou Casa de massas, com 10×10=100m2 em localizaçao nobre de Porto Seguro/Bahia, Centro, perto de Shopping, hoteis, pousadas, centros comerciais e residenciais. perto de tudo. ponto de padaria a mais de 25 anos. Maiores detalhes c/fotos confeitariaportoseguro@hotmail.com
    OBS IDEAL PARA PROFISSIONAIS
    Aceito profissionais qualificados como socios

  34. TENHO UMA DROGARIA HA 1 ANO E ELA AGORA ESTA VENDENDO 9000,00…A MINHAS DESPESAS COM CONTAS FIXAS DA MINHA CASA E DA DROGARIA E 4000…SO Q NUNCA DA PRA PAGAR MUNHAS CONTAS EM DIA…GOSTARIA DE SABER COMO FAÇO PARA AUMENTAR MEU LUCRO…´PRQ 4000 SAO DESPESAS FIXAS…E O RESTO TENHO Q REPOR

    • Prezada Karine

      Você precisa ser muito persistente e organizada agora.

      O problema é o seguinte: NÃO PODE MISTURAR suas contas pessoais com as contas da empresa.

      A empresa tem de dar resultado positivo que justifique muito bem o investimento. Mas mesmo se conseguir dar um bom lucro, não significa que seja suficiente para a sua necessidade de renda.

      São duas coisas separadas e diferentes: O lucro que a empresa pode dar e a sua necessidade de renda.

      As pessoas confundem estas duas questões, pois se a gente trabalha na empresa precisa que a empresa sustente a família, não é?
      Pois não é. A empresa produz o lucro que pode, pelo tamanho que é. Se deseja um lucro maior precisa aumentar a empresa ou ter outros negócios.

      Por favor, não cometa esse engano, não “mate a galinha dos ovos de ouro”. Mas você precisa confirmar se esse negócio é realmente compensador. Se não estiver dando o lucro que justifique o investimento, então você precisa agir logo. Mas se o lucro for compatível, então você precisa ter mais fontes de renda para a sua necessidade pessoal. Entendeu?

      Por valor, veja aqui no blog como apurar o resultado, o lucro. Se tiver dúvidas. mande.

      Boa sorte

  35. Preciso de uma ajuda.
    Estou adquirindo uma padaria(herança de familia), ela hoje tem um movimento bruto de 25 mil reais, pelos meus calculos ela tem uma despesa fixa(aluguel,luz, agua, funcionarios) de $11mil, esta localizada em um otimo ponto, seu movimento diario esta em torno dos $700,00 dia, esta vazia de mercadoria, as geladeiras de kibon , coca-cola, brahma, e cigarro s estao vazios.
    sera que com algumas mudanças consigo obter um lucro de 4mil.
    A minha ideia é de investir 14mil em mercadorias, pois tem um grande potencial de publico.
    o q devo fazer????

    • Prezado Luiz

      Você somente ganhará dinheiro se vender. Só vende se tiver mercadorias.

      Particularmente eu penso que uma padaria tem como fonte principal de margem de lucro a sua confeitaria, os produtos que fabrica e coloca à venda. Visite vários outros estabelecimentos, converse com proprietários em bairros semelhantes ao seu e confirmará como fazem para ganhar dinheiro. Não acredito em sucesso somente com o pão francês e revenda de produtos industrializados. Uma boa padaria tem variedades e auto-serviço.

      Boa sorte

      Matos

      • obrigado pela sua ajuda.
        tomei conta desta padaria a 7 anos atras, foi quando sai por causa de briga com familiares. Conheço bem a clientela, muito pedem para voltar, a cabeça das pessoas mais antigas nesse ramo nao acompanha o crescimento das padarias, quando tomava conta ela fazia uma media de R$2mil dia, e trabalhava com tudo lotado pagava tudo avista e conseguia fazer aretirada de 10mil mes. a má administraçao fez com q caisse o movimento e ficar com dividas.o ponto bom é que o predio é proprio e nao terei q pagar um aluguel absurdo, igual cobram por ai.

  36. tenho um loja em fase de falencia e o meu socio quer que eu lhe devolva o dinheiro investido por ele…tenho 2 meses de salario em atrazo com os funcionarios…o que devo fazer?

    • Prezado Benício

      Sócio significa antes de tudo, aceitar correr o mesmo risco. Se o negócio não dá certo, os sócios perdem o investimento, ou recupera parte se vender os bens. Este é o chamado “Risco”.

      Então, deixo aqui minha pergunta: por que seu sócio exige que você devolva o que ele investiu? Ele vai devolver o que você investiu?

      Boa sorte

  37. Meu marido entrou em sociedade, com venda de carvão , não pagamos aluguel para estocar, meu primo nos fornece os cartões. as despesas são combustível e ou alguma manutenção no automóvel caso nescessário, qual prazo para retorno

  38. Olá Matos. Sou militar e tenho o interesse de montar com mais dois amigos uma sociedade. Ainda nao temos em mente realmente que tipo de negocio abriremos, porem todos nós ja trabalhamos na area de padaria. Sabemos pouco, mas temos um profissional qualificado e de confiança que é padeiro e confeiteiro. Queria ter uma base de quanto de investimento aproximadamente de cada um dos tres é necessario para a iniciaçao deste negocio. E se valerá a pena ter uma profissao em paralelo ao negocio. Gostaria tambem de saber se ha um ramo que seja mais facil de se administrar tendo em vista que temos nosso trabalho fixo.
    Desde ja agradeço Abraço.

    • Prezado

      O valor do investimento é resultado do tipo de padaria que deseja montar. O caminho mais curto é identificar uma região que esteja carente deste tipo de negócio e então projetar o empreendimento que seja compatível com os clientes prováveis. Então fazer levantamento de tudo que irá precisar, da reforma do imóvel, legalização da empresa, equipamentos, estoque, pessoal e reserva financeira pelo menos para 6 meses até o negócio andar por si só.

      Mas uma padaria é um tipo de negócio que exige muito empenho dos donos até que possa operar bem só com funcionários. Vocês com emprego fixo terão dificuldade aumentada para viabilizar o negócio.

      Boa sorte.

      Matos

  39. Boa noite, meu esposo e eu estamos planejando a abertura de uma confeitaria de 23m² para público de classe A e B. Mas estamos com dificuldades para prever o faturamento mensal de uma loja deste tipo. Pelos nossos cálculos, nosso ponto de equilíbrio seria de R$15.000 (pagando tudo e com 0% de lucro). Este valor não é muito alto??? Pela sua experiência, é fácil uma confeitaria vender R$600,00/dia?
    Grata,
    Patrícia

    • Prezada

      Não é fácil mas não é impossível.

      Existe um caminho. Visite pelo menos umas 15 lojas semelhantes ao que você tem em mente. Converse com os donos destas lojas. Diga onde você pretende abrir. Não sendo concorrente, eles prestarão ótimas informações.

      Parabéns pela preocupação. É isto mesmo. Todo o resto será fácil resolver, mas VENDER É A GRANDE QUESTÃO, E SE NÃO VENDER QUEBRA.

      Por isso recomendo descobrir e visitar 15 lojas. Não é uma brincadeira minha, é isso mesmo. Após a 15ª você já terá descoberto um jeito de vender até mais de 600,00.

      Abraços

      Parabéns.

  40. ola abri uma loja evangelca e loja de presentes tem exato 6 meses no primeiro mes fechou no bruto de 14.000,00 ( mes de maio dia das maes), junho 13.,000,00 ( namorados), nos meses seguintes fechou em torno de 11.000,00 e 10,000,00. tenho uma despesa fixa de 4.500,00 seria precipitado falar que o negocio nao esta dando certo. todo mundo fala que requer um tempo ate a loja ficar conhecida. mas o negocio e que continuo colocando dinheiro para estoque. ate quando e necessario e razoavel continuar enjetando diheiro.

    • Prezada Flora

      Após montar um negócio, você assume um desafio de todos os dias por toda a sua vida de empresária: VENDER; Faça tudo que puder para vender. Se não vender quebra. O investimento que você fêz retorna para você em forma de lucro, todos os meses. Isso demora alguns meses, mais de ano. Se você perceber que consegue vender um volume que possa gerar lucro o negócio é bom e deve persistir. Mas se estiver convencida que não consegue manter bom nível de vendas, é melhor desistir.

      Persistir é em função de sua crença que conseguirá vender.

      Boa sorte
      Consultor Matos

  41. ola abri uma loja evangelca e loja de presentes tem exato 6 meses no primeiro mes fechou no bruto de 14.000,00 ( mes de maio dia das maes), junho 13.,000,00 ( namorados), nos meses seguintes fechou em torno de 11.000,00 e 10,000,00. tenho uma despesa fixa de 4.500,00 seria precipitado falar que o negocio nao esta dando certo. todo mundo fala que requer um tempo ate a loja ficar conhecida. mas o negocio e que continuo colocando dinheiro para estoque. ate quando e necessario e razoavel continuar enjetando diheiro.

  42. Prezados Matos,

    Tenho R$50.000,00 na poupança e gostaria de montar uma pequena indústria de embalagens de alumínio para o setor alimentício, porém tenho dúvidas quanto a viabilidade do negócio, já que eu não tenho nenhuma familiaridade com o mercado. Peço uma orientação e se houver alguma dica quanto a outras formas de investimento estou aberto a sugestões, pois trabalho em uma empresa que não paga e só atrasa, me sinto desempregado e as minhas dívidas estão comendo o que ainda resta na poupança.
    Grato,

    • Prezado Vinicius

      Suas dúvidas são comuns a todos os empreendedores. É difícil dizer que negócio montar. Mas posso dar um dica sincera: encontre clientes para comprar os seus produtos que você pensa em produzir, depois decida montar. Fabricar embalagens não é muito complicado, mas vender é a grande questão. Se você tiver clientes, fabricar é apenas uma opção, já que você poderia conseguir de outros fabricantes e revender.
      Tendo o cliente você terá pelo menos 90% do negócio resolvido.

      Abraços

      Matos

  43. obrigado isso será muito util,
    mas eu preciso de mais uma ajudinha, como vou abrir uma empresa de prestação de serviços e ainda estou trabalhando, gostaria de saber como posso convencer meu patrão a contratar meus serviços? gostaria dele como meu primeiro cliente, pois ele tem varios contatos e isso poderia me ajudar e muito.

    • Prezado

      Depende muito do tipo de empresa em que você trabalha.

      Muitas, receosas com as questões da legislação trabalhista, exigirão um tempo de pelo menos 6 meses antes de contratar a sua empresa. Outras irão solicitar referenciais para ter certeza de que você atua em outras empresas tabém. Pois se vender serviço apenas para uma única empresa, pode ser entendido como “emprego disfarçado” e a empresa contratante ser autuada pela fiscalização.

      Mas tudo começa com uma boa conversa com seu patrão, sendo sincero, dizendo que deseja montar uma empresa e que gostaria de ter esta como cliente. De que precisa? Com quem fala? Se aceita?

      Conversando. Propondo. Este é o caminho.

      Boa sorte.

      Matos

  44. olá,
    Estou iniciando uma empresa de prestação de serviços em controle de qualidade nas industrias, mas não tenho a minima idéia de como buscar meus clientes, o que faço, pois hoje em dia as empresas concorrentes ja tem a ISO 9000 e eu não.
    Poderia me ajudar?

    • Prezado Jean

      Pelas informações penso que você tem a técnica mas ainda não conhece o seu mercado. Ter intimidade com o mercado é o item mais importante. É até mesmo mais importante do que a técnica, pois esta você pode compra.

      Então se você não sabe como vender seu serviço, pense duas vezes antes de abrir. Pode ater ser interessante se empregar numa empresa desse ramo para aprender como vender.

      Assim, vale um único conselho: consiga na sua rede de contatos um contrato mesmo que não muito lucrativo com um cliente de porte e nesta relação aprenda tudo que puder. Depois vá conquistando mais clientes. Vender é o negócio, no seu caso provar competência técnica atraves de satisfação de clientes anteriores é tudo. É quase um paradoxo: você consegue clientes se já tiver clientes. Estranho, não é?

      Portanto, no começo, sua melhor alternativa é utilizar sua rede de contato, seus relacionamentos.

      Boa sorte
      Matos

  45. Boa Tarde Matos.

    Estou com meu namorido no ramo de motoboy, fico no escritorio pra ajudar ele nao ganho nada e a empresa dele esta aberta desde 2006, no começo dava lucro, mas agora que ele comprou parte dos serviços do amigo a firma parece que nao vai pra frente.
    Agora ele registrou 2 motoboys e pagar 1000,00 pra cada um, só uma empresa com contrato paga os funcionarios.
    As contas da empresa e as particular nossa esta contanto com o dinheiro da empresa a gente paga tudo junto, nao separamos as contas, mesmo assim fica faltando dinheiro, pagamos aluguel, posto de gasolina, agua, energia eletrica, cartoes de creditos, 2 motos, nextel e outras contas que nao conseguimos pagar no mes certo, as vezes pagamos atrasadas com 1 ou 2 meses depois que venceu a conta, é bom pagar atrasada ou pagar tudo ate o mes que vai vencer do mes certo.
    Sera que voce poderia nos ajudar com a empresa, dando alguma dica.
    è bom gardamos dinheiro no banco pelo menos 100,00 reais por mes, se caso o
    mes nao ter muito serviço para pagar algumas contas.

    Aguardo a resposta!

    Obrigado pela atençao

    • Prezada Leticia

      Você faz várias perguntas, interessantes. Mas todas elas dependem da capacidade da empresa de gerar recursos. Para gerar recursos precisa vender (ter contratos) e executar.

      Mas, vamos às perguntas> Sim, vale a pena pagar em dia as contas. E sim vale a pena fazer reserva. Pois se você contratou funcionários haverá despesas futuras como 13º salário, férias, etc. Bem como pode haver necessidade repetina de dinheiro. Vale muito a pena ter reservas.

      Mas minha sujestão mais importante é: não fique apenas com um cliente. É muito arriscado. Se ele encerrar a contratação vocês voltarão ao “zero”. Começar de novo. Isso é ruim.

      Abraços

      Matos

  46. Olá Matos, há um tempo que eu comentei para vc sobre o meu laboratorio veterinario. A contece que o laboratorio está aberto há 3 anos e nao consegue para todas as contas, ficam de fora, o motoboy, a veterinaria e o bioquimico. Chegamos cair até 1000 e pouco por mes, e a veterinaria enrtrou em setembro e aumentamos para 3080,00.Acontece que o meu sócio quer sair em Janeiro e ele estava me ajudando a pagar e a sal é dele. No contrato 10% é dele e 90% meu, mas ele falou para ser meio a meio pq ele é policial e nao poderia e ainda é meu primo. Nao sei o que fazer, obrigada

    • Prezada Angelita

      Sua mensagem está com muitas palavras cortadas, não é possível entender bem a questão.

      Mas adianto que “vender” é o desafio número 1. Tem de vender, fazer parcerias e gerar receita, senão tudo vai afundando.

      Envie novamente a mensagem com texto completo para eu orientar.

      Aguardo

      Matos

  47. Gostaria de saber sobre o mercado de análises clínicas veterinária. Moro em uma cidade que ainda não tem esse tipo de laboratório , os veterinários usam os laboratorios de análises clínicas sendo que os aparelhos usados para realizar os exames são de referência humana por isso que gostaria de investir nesse mercado e ser um diferencial. Seria uma sociedade entre eu e meu namorado, sendo nós dois graduados em biomedicina com intenção em realizar pós em análises veterinária para melhor entender sobre o negócio. Gostaria muito de opiniões sobre essa idéia. Desde já agradeço!

    • Acho excelente a idéia.

      Mas antes verifique qual volume de serviço você conseguiria ai na região. Lembre-se, o negócio se dá pela existência de mercado e de sua capacidade de explorar esse mercado. Montar o laboratório pode ser fácil para vocês que são do ramo, mas difícil é vender serviço. Se houver expectativa de volume de venda que leve a uma receita mensal suficiente, eis ai uma boa oportunidade.

      Vocês conseguirão fazer estas avaliações??

      Abraços
      Matos

  48. Matos, bom dia,

    Meu nome é Rodrigo, sou técnico em informática, trabalho no ramo da informática (informalmente) em paralelo com meu atual emprego de representante comercial na área financeira, que é o que me sustenta hoje. Pretendo sair do meu atual emprego, para apenas me dedicar a informática, que é o que eu gosto.

    Bom vamos ao que interessa:

    1-tenho domínio o assunto;
    2-tenho muitos clientes PF´s, porém atendo quando necessitam e alguns PJ´s que me chama sempre que dá problema e 02 com contrato mensal;
    3-eu ainda não tenho CNPJ, estou pensando em partir para o MEI;
    4-não faço muita divulgação mas tenho um movimento razoável e na maioria dos casos por indicação;
    5-minha idéia é montar um local com balcão para atendimento, para serviços em geral de manutenção preventiva e corretiva de computadores e impressoras;
    6-sair para atendimento no local sendo em residência ou empresa, mas pra isso terei que ter um funcionário, no momento não terei condição;
    7-venda de produtos básicos como: mouse/teclado/memória/HD/placas de rede, coisa que não vão tomar tanto o meu tempo, por eu ser sozinho no comércio;
    8-minhas saídas terão que ser para serviços rápidos, o que não for, retirarei a máquina e levarei para laboratório;

    Gostaria de poder saber de você, como montar um plano de negócio, vez que já possuo um certo estoque não tudo, mas, já dá pra começar e com ele não terei que dispor de tanto dinheiro assim. Creio que seria mais pra manter nos primeiros meses, aluguel, energia elétrica, água, telefone e internet e ter uma base mais ou menos de quanto tempo terei que manter com meu dinheiro até que essa empresa venha a conseguir manter-se sozinha.

    Na verdade sei mais ou menos como fazer isso, só queria uma opinião sua para me certificar de que estou fazendo a coisa certa.

    • Prezado Rodrigo

      Se você já experimentou o mercado e está convicto que terá clientes você já está com mais de 90% da questão resolvida. Faça agora uma estimativa de quanto conseguiria faturar por mês, diminua deste valor o custo das peças, componentes e dos seus gastos com transporte e locomoção até os clientes. Se o que sobrar for superior ao valor do aluguel somado às demais despesas que tiver na empresa inclusive luz, internet, IPTU, agua, telefone, etc, então o negócio é viável. Espero que o lucro que vier a obter seja adequado às suas expectativas.

      Se tiver novas dúvidas, terei satisfação em colaborar.
      Abraço
      Matos

  49. tenho uma lojinha de variedades há 8 anos.com 5anos coloquei uma lanhouse ao lado ´só que a loja caiu muito as vendas , gostaria de colocar outro negócio e acabar com a loja mas não tenho ideias gostaria de colocar um único negócio e aproveitar os computadores que já tenho.me der uma dica.

    • Prezada Jane

      É difícil oferecer idéias de novos negócios. Pense antes em renovar sua loja aproveitando seu conhecimento de clientes do local: De que será que eles estão precisando?. Aproveite, visite outros bairros e outras lojas semelhantes e colha idéias de renovação. Inovar sempre ajuda. A loja e a lan house dependem muito da característica do pessoal que poderia ser cliente. Verifique a causa da perda de clientes. Compare sua loja e lan house com outras que estão bem. Assim, poderá ter boas pistas do problema. Vender é preciso, se não quebra.

      Boa sorte

      Matos

  50. Consultor Marcos

    Hoje eu tenho 16 anos apenas, mas penso muito no meu futuro
    e queria uma opinião de alguém que realmente conhece do ramo
    eu queria ser empresário mais estou com duvida em oque quero
    administrar ainda, oque seria bom para min e que hoje em dia
    esta atualizado , oque mais esta vendendo? queria uma opinião
    em que tipo de empresa devo abrir e que esta em falta no mercado
    e com uma quantia de R$ 50,000,00 a R$ 60,000,00 posso abrir um
    negócio bom? atualmente estou fasendo um curso de processos administrativos,
    e pretendo continuar ele, se eu faser uma faculdade de administração
    ajudará muito?
    espero sua resposta . Muito Obrigadoo

  51. EU e minha noiva temos a intençao de montar um mine padaria, ele ja fez o curso de padeiro e confeteiro e eu fico com as compras como devo fazer para compra o menor preço de materia prima…Muito Grato

    • Prezado Cleiton

      Estude melhor este assunto, pois se você está pensando em mini-padaria, precisa pensar em qual combinação de produtos para venda é a mais adequada para sua região. Uma padaria ganha dinheiro com a confeitaria, portanto o conceito de “mini” não se encaixa. Vender apenas pão francês, precisa ser um grande volume para ganhar dinheiro. Para ser mini necessita de um conceito de produtos e serviços inovadores: pense em vender frios, frago e carnes assadas, congelados como massas, pasteis e outros prontos para consumo. Seja mini mas com uma boa variedade de produtos que geram margem.

      Boa sorte

      Matos

  52. OI, HÁ MUITOS ANOS TRABALHO NO RAMO DA MODA FEMININA,JÁ TINHA 4 MÁQUINAS INDUSTRIAS E RESOLVI,MONTAR MINHA EMPRESA,HOJE ACHO QUE FIZ BESTEIRA,POIS NÃO CONSIGO FAZER ELA DAR LUCRO.ATÉ SEI ONDE ESTÁ O ERRO ENA AREA DE PRODUÇÃO OU SEJA NA QUANTIDADE PRODUZIDA.GOSTARIA DE SABER QUAL A META DE PRODUÇÃO QUE TENHO QUE ATINGIR PARA OBTER LUCRO?

    • Prezada Heloisa

      Esta resposta depende de estudo de seus custos, eu explico isso em outros artigos aqui do Bog, dê uma olhada.

      Mas na verdade, você precisa buscar é um volume de venda que ultrapasse em receitas o total de suas despesas e custos. Se você tiver boa clientela, que é o mais importante, nem precisaria produzir tudo, poderia comprar parte de outros fabricantes. Lembre-se, vender é que é o ponto chave, produzir é somente uma de muitas formas de se obter o produto para vender.

      Abraços

      Matos

  53. Adquiri uma franquia de idiomas há 1 ano e 5 meses, ainda não começou a retornar. Vende bem e cresce a cada semestre. Os gastos são altos porém compatíves exceto as parcelas de empréstimos de capital de giro que foram tomadas de terceiros e bancos pois não tivemos capital para cobrir as conta no 1o. ano; investimento: cerca 200mil. Qual tempo para iniciar o retorno? Praticamos preço dentro do mercado, abaixo até.

    • Prezada Gisele

      Primeiramente o franqueador deveria orientar sobre a viabilização do negócio e como ajustar em cada etapa. Cobre isso deles, pois franquia é justamente isso, um sistema que já foi testado e carrega muita experiência. Aproveite seu franqueador.

      Outra questão é vender, tem de vender matrícula e mensalidade senão quebra. Dai vem a pergunta que você já deveria saber a resposta: QUANTO TEM DE VENDER POR MÊS para viabilizar a empresa? Você já sabe esse valor? Projetou isso no seu plano de negócio? Seu franqueador orientou nisso? Você sabe seu ponto de equilíbrio? Meta de venda e ponto de equilíbrio são conhecimentos necessários para dar a direção. Se não sabe a direção qualquer lucro serve. Cuidado.

      É difícil dizer sobre o prazo de retorno de investimentos, pois é muito variável, mas pense assim: Segurança total é Caderneta de poupança. 0,5%am. Investimento de risco mas com baixo risco, que tal 3 vezes mais? Com médio risco como uma empresa, que tal 6 vezes mais? Ou seja 3% ao mês? Com essa retabilidade o retorno seria em 33 meses. Um lucro mensal de R$6.000,00 que eu penso ser um mínimo.

      Boa sorte, e sempre á disposição

      Matos

  54. Ola, tenho um laboratorio veterinario de analises clinicas ha 2 anos e 3 meses, mas nao consigo pagar as contas. O meu socio e muito complicado, tem varios empregos, apesar de ele entender de analises mais do que eu, ele sempre chega correndo,faz toxicologia, mas demora muito para realizar o exame,contribui muito pouco com dinheiro, e divide o sabado com a secretaria,é aquela briga, e no sabado da secretaria ,ele quer que passe so na maquina, e fica os exames para acabar na segunda, sendo que ele poderia fazer,perdemos clinicas, ele fala que vai fazer as coisas e nao cumpri,

    • Prezada Andrea.

      Os compromissos da empresa não podem depender do tenpo e da boa vontade do sócio. Aberta a empresa, o sócio que trabalhar nela tem de “esquecer” que é sócio e cumprir com as obrigações como se fosse um empregado. Se não cumprir, é melhor demitir. Então se este seu sócio não assume a tarefa como um bom empregado faria, é melhor ele só ser sócio, não trabalhar na empresa, não receber pró-labore, mas tem direito à parte do lucro que lhe couber, se tiver lucro. Contrate um técnico que faça o que seu sócio não está conseguindo fazer. Se não conseguir contratar um técnico como empregado, na situação atual, tente contratar por exame realizado, até que consiga como empregado. OU tente atrair mais um sócio que possa se dedicar ao laborátório.
      Mas enfrente esta situação já, não deixe a empresa manchar o nome com clientes ou mesmo quebrar.

      Matos

  55. ainda nao sei se esta valendo apena ou nao,
    pois tenho uma marcenaria voltadada para fabricaçao de caixa para artesanato há 3,5 anos e ainda nao tive retorno.
    ate aproveito e faço uma pergunta ao consultor marcos
    tenho essa marcenaria que é meio sustento pra mim e minha familia e nao estou conseguindo me manter, tenho uma glientela boa mas estou longe delas isso em dificulta um pouco mas vou tentando manter sera que é melhor ter um emprego fixo e tentar montar um fundo de reseva e depois, sim dedid=car somente a minha marcenaria ou tenho que rever todo o processo produtivo e ver onde estou errando pois so faço pra pagar as dividas e nada mais.
    abraço alexandre

    • Prezado Alexandre

      Penso que melhor é analisar porque sua empresa não deslancha, antes de desistir. Como as informações que você passou são insuficientes para uma análise adequada, fica difícil dar uma boa orientação.

      Mas pela experiência, penso que os “desafios empresariais” que apresentei aqui no Blog, você ainda não conseguiu vencer. E resumidamente penso que você não conseguiu ultrapassar o ponto de equilíbrio. Sendo assim, tem solução.

      Por favor, analise as instruções que forneço em outros artigos que estão aqui no Blog, depois poderemos analisar a situação.

      Não desista ainda, antes de saber das causas e se pode resolver.

      Abraços

      A. arlos de Matos
      Consultor em Gestão Empresarial.

  56. A respeito da padaria de Paranapanema, ela disse que teve retorno de aprox. 25.000 reais mas investiu em produtos industrializados penso que esse capital deveria ser gasto no que realmente tem lucratividade que a que o Matos citou, otima observaçao Matos.

    Luis Peña um brasileiro ainda com sonhos em investir no trabalho.

  57. Há anos quero me tornar pessoa juridica e trabalhar por conta própria com desenvolvimento de sites. Quero ter uma loja física, onde poderei atuar, além do desenvolvimento de sites, com serviços gráficos (impressos) e venda de produtos compatíveis com meu negócio.
    O que me falta é saber o valor aproximado para este investimento e coragem pra arriscar. Pois imagino que há grandes possibilidades de lucrar bastante, mas também de não dar certo.
    É normal esse medo de arriscar? Ou isso ocorre em quem não é empreendedor? Eu me sinto como empreendedor, pois tenho boas idéias, soluções, e não gosto de ter chefes. Mas gosto de ter clientes, me passando coordenadas de como o site deve ficar, etc…

    Peço que me notifique por email sobre sua resposta.

    • Prezado Ilson

      O tempo de retorno é completamente variável, não é uma regra, depende do volume de investimento, do lucro e das demais condições de mercado. Mas uma micro empresa com faturamento até R$20.000,00 mensais, normalmente exige um investimento incial pequeno que deveria retornar entre 6 e 18 meses. Mas não é uma regra. É uma experiência minha com centenas de clientes que oriento e dou assistência.

      Abraços
      A. Carlos de Matos
      Consultor em Gestão Empresarial

  58. Tenho 18 anos e pequei uma PADARIA alugada a 5 meses e ela estava quase falida em mercadoria.
    Nesses 5 meses eu já consegui colocar mais de 25 mil reais em mercadoria com o próprio lucro dela, já troquei todas as marcas de produtos que pude, sempre para marcas melhores, tipo lá não tinha nada da marca COCA COLA hoje temho quase todos os produtoa desta empresa.
    Só que até agora não vi lucro nem um, se tiro 50 reais para alguna coisa particular ,já faz falta alguns dias depois.
    Eu não sei oque fazer pois a ultima coisa que eu quero é deixar essam padaria.
    Eu preciso de ajuda na administraçâo urgente.
    Quero saber como fazer para prosperar,pois moro em uma cidade muito pequena que mem imagino onde é o posto mais proximo do Sebrai para poder me orientar.
    Vou te passar meu endereço completo só para voce ver se encontra minha cidade no mapa.
    Cidade de PARANAPANEMA , Estado de SÃO PAULO, CEP 18.720.000 , Rua MONOEL DOMINGUES LEITE N- 230 CENTRO.
    Nós mem temos mais que 19 mil abitantes e isso é com o munipio da FAZENDA HOLAMBRA II, não é a de CAMPINAS.
    Estou desesperada por favor me indique o que fazer.
    OBRIGADA

    • Prezada Thathyany

      Parabéns, parabéns, parabéns. Estou realmente muito orgulho de saber de sua coragem. É isso, em frente.

      Muita troca de idéias devemos ter. Mas vamos começar assim:

      Você precisa vender mais, ter mais clientes. Não está sobrando provavelmente é porque suas vendas estão baixas. Estou acreditando que seus preços de venda estão acompanhando o mercado concorrente. Estou acreditando que seus custos estão compatíveis com sua padaria.
      Numa padaria se ganha dinheiro com a confeitaria e com produtos adicionais de alimentação, não fique somente no paozinho e nos produtos industrializados.

      Ofereça na padaria tudo que puder fazer o cliente voltar, aumentar as vendas por cliente e desenvolver aos poucos um perfil diferente que agrade os clientes.

      Pense e volte a me contatar.

      Matos

  59. Olá Carlos tenho um pequeno stand de moda feminina e acabei de me cadastrar no MEI e estou abrindo uma conta no banco na pessoa juridica,estou participando de todas as palestras do sebrae e estudando o mundo da moda e do universo feminino e tentando fazer um plano de negocio. O lugar onde estou não vende tanto quanto o espero mas faço as melhores feirinhas, e vejo que o meu negocio esta pedindo por um novo investimento. Gostaria de ter uma opnião porque como o mercado financeiro não anda muito bem e a conta ainda esta em andamento tenho medo de acabar me aprofundando em divida e o negocio ir por agua abaixo. Peço por gentileza responder pelo email e desde já te agradeço.

  60. Prezado Antonio Carlos

    ola tenho uma peq empresa de consertos de alto falantes a 6 meses em casa , tenho alguns clientes fixos e outras pessoas fisica q me trazem , compro meu estoque a vista para meus consertos , mas tenho dificuldades porq as vezes tenho bastante serviço e algumas pessoas vem buscar ate 30 dias depois , enquanto isso vou recebendo mais consertos para fazer e la vou eu novamente retirar dinheiro do bco para comprar material enquanto nem recebi aqueles q deizaram a quase um mes , depois tbm preciso pagar outras contas particulares c/ aquele pouco q vem entrando , emfim fica dificil colocar novamente o dinheiro q vou pegando no bco , e quando tenho pouco serviço a coisa fica mais dificil ainda , como devo fazer para melhorar a tbm conseguir mais clientela.

    vou pedir um adiantamento apenas para pessoas fisicas , e quando elas nao tiverem p adiantar na hora ? e as juridicas q presto serviço ate recebo dentro do mes , outra coisa tbm q acontece as vezes ligo mais de 3 vezes cobrando o mesmo p/ buscar , enfim as pessoas marcao o dia e nao aparece ai ligo 2 dias depois de novo , esta certo isso tbm ? fiz tbm alguns blocos de ordem de serviço onde coloquei especificado q apos 30 dias perderao o direito do alto falante para cobrir as despesas , esta certo isso ? enfim seguindo estes passos teria mais sucesso no trabalho ? aguardo. Abraço. Cesar

    • Prezado Cesar

      Pelas suas colocações percebo várias situações que devem ser melhoradas, mas duas são urgentes.

      1 – Política comercial: você como prestador de serviço investe em cada encomenda três combinações de valores: custo da matéria prima, sua mão-de-obra e as despesas fixas de sua empresa. Assim, uma sugestão é: para cada serviço, elaborar um orçamento para aprovação do cliente, e na aprovação você definir a forma de pagamento, uma parte na aprovação do orçamento e outra na entrega do serviço. O valor do adiantamento deveria cobrir as peças e sua mão-de-obra.

      2 – Contrato: No orçamento você deve solicitar a assinatura do cliente, e informar a data da conclusão do serviço. Informar também que após 30 dias, se não retirar, o produto será vendido. Mas não aconselho que o venda de fato, a menos que passe muito tempo como 12 meses, porque mesmo vc tendo razão, sua imagem ficará desgastada. O melhor é exigir adiantamento, até para a pessoa jurídica, o produto mais um adtantamento são razões de sobra para o cliente voltar para retirar.

      Abraços

      Matos

  61. Pingback: Valeu a pena montar a empresa? « Mundo Sebrae

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s